Auckland: o mundo cabe em uma cidade

Considerada como o coração da Nova Zelândia, Auckland é a maior cidade em extensão bem como em número de habitantes do país. E não é à toa que também possui a maior variedade de opções de atrações para diferentes públicos.

Os moradores, tanto permanentes quanto intercambistas e outros viajantes, se veem rodeados por um ambiente relativamente tranquilo em meio a usual instabilidade da cidade grande. E é isso que geralmente encanta os estrangeiros: Auckland consegue ser palco de mudança contínua mas também se mantém firme no propósito da manutenção pública que a faz se destacar mundialmente.

Cidadãos e governo têm construído com sucesso ao longo do tempo o que hoje se conhece e quem visita a cidade por algum tempo certamente leva um pedacinho do bom humor encontrado pelas ruas. Chega a ser impossível não ser contagiado pela disposição e carinho com que os estrangeiros são tratados, onde cada chegada é comemorada e cada partida o faz levar um pouquinho de Auckland no coração.

É por essas e outras que a cidade tem crescido como uma das melhores para desenvolver um intercâmbio. Principalmente asiáticos e sulamericanos têm demonstrado cada vez mais interesse pelo país e cruzado oceanos em busca da descoberta de um outro olhar sobre o mundo. A Nova Zelândia pode ser um dos países mais jovens e recentes, mas a maturidade representada já a fez ultrapassar diversos países e conquistar posições em rankings importantes em grau econômico e social.

Sendo assim, Auckland, como centro e representação do país perante o mundo, cumpre o seu papel contendo e exibindo ele próprio em toda diferença, diversidade, pluralidade e totalidade. Encontro de raças, mistura de idiomas e mescla de culturas. Isto é Auckland em essência.

Quem passa por Auckland se encanta e certamente pede pra ficar. Chegou a sua vez de se encantar!

Stéfany Freu





0 views0 comments

Recent Posts

See All