A gastronomia na Nova Zelândia

As comidas típicas da Nova Zelândia, como não poderia ser diferente, são influenciadas pela cultura inglesa. Bem como todo país que já foi uma colônia, não é somente no cardápio que notamos essa influência. A culinária neozelandesa em geral não tem sabor marcante. É conhecida como culinária flat pela adição de pouco sal e a utilização de gordura ser muito controlada. Ingredientes como alho e cebola também são dispensados na preparação dos pratos e as ervas mais usadas são a menta e o alecrim. Eles consomem bastante carne de cervo e carneiro acompanhados de muito molho de tomate, frutos do mar e vegetais. Os pratos mais comuns que fazem parte da culinária típica são a Pavlova de Kiwi- que é um merengue de frutas frescas com chantilly servido como sobremesa-, o Hangi Maori- um prato cozido à vapor de carnes e vegetais-, o Roast Hogget- feito com ervilhas, batata, abóbora, batata doce e carne de ovelha assada no forno servido com molho a base de menta-. Em geral o café da manhã é muito rico, sendo composto de ovos, tomate, torradas, bacon, feijão e algo parecido com um purê de batatas. Os neozelandeses também consomem saladas como em qualquer outro lugar, a diferença se situa na tradição da alface picada, acompanhada de pepino e tomate cortado em rodelas ou beterrabas em fatias. Não pense que por economizarem gordura no preparo dos seu pratos ou por quase não utilizarem sal os cidadãos de Nova Zelândia dispensam uma fritura na rua. Sim! Eles adoram filé de peixe empanado com bata frita: a iguaria é Fish n’ Chips e não se assustem se ao pedir o prato o atendente lhe servir embrulhado em jornal. Isso é um costume para manter a temperatura do alimento até chegar em casa. Agora que conhecemos um pouco das comidas típicas de Nova Zelândia, não há mais o que temer quanto a alimentação. E, mais! Caso não goste, não há motivos para o desespero. Existem muitos shoppings e praças onde se encontram restaurantes e lanchonetes representando culinárias de diversos outros lugares, assim como o famoso fast food que não pode faltar. Bom Apetite!

Outros Artigos... A GASTRONOMIA NA NOVA ZELÂNDIA IMIGRAÇÃO: MUDANÇAS E ADAPTAÇÕES


0 views0 comments

Recent Posts

See All